03.12

18h às 19h30

Advocacy para as artes

Com Daniela Castro, Sheila de Carvalho, Pauline Pereira e Randy Cohen
Mediação Claudia Toni

A advocacy pode ser definida como um conjunto de práticas e ações coletivas para influenciar políticas públicas que possam induzir transformações sociais em diversos campos da sociedade. No Brasil, a advocacy ainda é pouco conhecida e sistematizada no meio cultural, tendo sido adotada com sucesso por entidades ligadas a causas sociais e movimentos populares.


Nesse painel, conheceremos experiências de sucesso de advocacy com profissionais brasileiros que atuam em áreas distintas, como esporte ou, de modo mais amplo, na Coalizão Negra por Direitos. Para abordar mais especificamente a área artística, teremos a presença de representantes da Americans for the Arts, a maior instituição de advocacy para as artes nos Estados Unidos. 


Conscientes da importância e da urgente necessidade de avançarmos nas nossas articulações, vamos introduzir essa discussão no programa de reflexões do Brasil Cena Aberta. O painel será nossa primeira iniciativa em matéria de advocacy e já estamos engajados na organização do curso “Em defesa das artes no Brasil: advocacy como ferramenta para o setor cultural”, que acontecerá no 1º Semestre de 2021, em parceria com a AbraOSC, o Americans for the Arts e a Impacta Advocacy, com apoio do Consulado Geral dos Estados Unidos. 

Atividade gratuita
Youtube Brasil Cena Aberta
Inscreva-se no canal para ser notificado quando a transmissão começar

Daniela Castro - Impacta Advocacia, Brasil

Advogada e mestre em Economia. Fundadora da Impacta Advocacy e diretora do Advocacy Hub. É membro do Conselho do Instituto Península e do Conselho de Advocacy do Grupo Mulheres do Brasil. Foi advogada no Felsberg & Associados, diretora da Escola de Governo e trabalhou na área de políticas públicas da Fundação Abrinq e na Câmara Municipal de São Paulo. Além disso, foi por 10 anos diretora executiva da ONG de advocacy Atletas pelo Brasil e trabalhou como secretária adjunta de esportes e lazer da Prefeitura de São Paulo. Ganhou o título de Emerging Leader do Global Sports Mentoring Program 2013 do US State Department, programa criado pela ex-secretária Hillary Clinton. Hoje é também diretora do Pacto pelo Esporte e membro do Comitê Gestor do Rating Integra, do Instituto Ethos. É autora do livro: Advocacy: como a sociedade pode influenciar os rumos do Brasil e co-autora convidada do livro 48 visões sobre a Corrupção, entre outras publicações.

Pauline Pereira - Americans for the Arts, EUA

Nascida e criada no Brasil, Pauline imigrou para os Estados Unidos em 2014, após se formar em Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Em 2017, depois de morar e trabalhar na cidade de Nova York por três anos, Pauline se mudou para a Virgínia para fazer seu mestrado em Gestão de Artes na George Mason University. Foi premiada com a primeira bolsa oferecida pelo programa INTO Mason, sendo escolhida para receber e orientar todos os estudantes internacionais que ingressam no programa de Mestrado em Gestão de Artes. Enquanto estudava em tempo integral, Pauline iniciou sua carreira no setor de artes sem fins lucrativos, trabalhando no John F. Kennedy Center for the Performing Arts e, simultaneamente, estagiando em tempo parcial no Arlington Arts Center. Logo após se formar em 2019, Pauline juntou-se à Americans for the Arts como Coordenadora do Escritório Executivo, onde atualmente trabalha com o CEO e COO da organização em projetos como a National Arts Policy Roundtable e o Arts Advocacy Day. Sua motivação é estar diretamente conectada à sua paixão pelas artes e cultura e em ver seu trabalho causar um impacto positivo nesses ambientes.

Randy Cohen - Americans for the Arts, EUA

Randy Cohen é Vice-presidente de Pesquisa da Americans for the Arts – organização americana de defesa das artes – onde vem capacitando defensores das artes desde 1991. Ele é autor de  Americans Speak Out About the Arts, um estudo de opinião pública nacional sobre as artes assim como de dois estudos econômicos das artes inéditos – Arts & Economic Prosperity, sobreo impacto econômico nacional de organizações artísticas sem fins lucrativos e seu público; e Creative Industries, um estudo de mapeamento das 675.000 empresas de artes dos EUA e de seus funcionários. Seu blog 10 Reasons to Support the Arts  recebeu o Prêmio de Ouro da Association of Media & Publishing – a maior homenagem de melhor postagem de blog do ano. Randy lidera o desenvolvimento da National Arts Policy Roundtable, uma reunião anual de líderes que se concentram no avanço da cultura americana, lançada em parceria com Robert Redford e o Sundance Institute. Orador requisitado, Randy deu palestras em todos os 50 estados do Estados Unidos da América  e aparece regularmente na mídia – incluindo o Wall Street Journal, The New York Times e na C-SPAN, CNN, CNBC e NPR.

Sheila de Carvalho - Coalizão Negra por Direitos, Brasil

Sheila de Carvalho. Advogada Internacional de Direitos Humanos. Sócia do Carvalho Siqueira Advogadas e Advogados. Integra a Uneafro Brasil, Coalizão Negra Por Direitos e Grupo Prerrogativas. Coordenadora do Núcleo de Violência Institucional da Comissão de Direitos Humanos da OAB/SP. Fellow do Alto Comissariado de Direitos Humanos da ONU e reconhecida como uma das pessoas negras mais influentes do mundo com menos de 40 anos (MIPAD/ONU).

 

 

Claudia Toni - Universidade de São Paulo, Brasil

Especialista em políticas públicas para a cultura e para as artes. Começou sua carreira no Teatro Municipal de São Paulo (1977-1979) e trabalhou no Mozarteum Brasileiro (1981-1985) e no Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (1988-1994). Foi diretora executiva da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo – Osesp (1998-2002), quando criou e implantou um modelo pioneiro de administração cultural pública no Brasil. Foi Assessora Especial da Secretaria de Cultura da Prefeitura de São Paulo (2005-2006) e Assessora de Música da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo (2007-2010), quando implementou expressiva reforma nos programas de educação musical do Estado e foi Consultora Chefe do Projeto do Complexo Cultural da Luz. De 2010 a 2013 foi Consultora de Música Clássica e assessora da Presidência da Fundação Padre Anchieta (Rádio e TV Cultura de São Paulo). Assessora da Reitoria da Universidade de São Paulo, Claudia Toni foi Consultora do British Council Brasil em programas de atualização e formação de profissionais para gestão de orquestras. Idealizadora do Festival SESC de Música de Câmara, é sua curadora desde 2014. Foi membro do Conselho Diretor e do Comitê Executivo da International Society for the Performing Arts – ISPA (2006/2015), instituição que lhe concedeu, em 2016, o International Citation of Merit, prêmio outorgado por sua contribuição profissional no campo das artes. Integra o Conselho Diretor da Aliança Francesa no Brasil, os Conselhos Consultivos do Instituto de Cultura Contemporânea, do Festival Ilumina e do Centro Cultural Brasil-Turquia. É Chevalierda Ordem do Mérito da França.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Claudia Toni - Universidade de São Paulo, Brasil

Receba nossa novidades!

* indicates required
/ ( mm / dd )