04.12

17h às 18h30

Mediação, Acessibilidades e trânsitos digitais das artes da cena

Com Fábio de Sá, Márcia Cáspari, Carina Casuscelli e apresentação em vídeo de Moira Braga | Mediação e curadoria Paula Souza Lopez | Intérpretes de LIBRAS Naiane Olah e Lívia Vilas Boas.

Quais as formas significativas e eficazes de entrelaçar a acessibilidade em espetáculos, festivais e exposições? Esse painel reflete sobre o desejo de criar programas de artes culturais mais acessíveis e que se comuniquem cada vez mais com pessoas em suas diversidades. Profissionais que estão hoje na ponta do pensamento e das realizações artísticas com acessibilidades irão compartilhar suas experiências e conversar sobre a potência comunicacional  dos recursos de acessibilidade nas criações artísticas.

Além disso, artistas com deficiência contarão sobre sua criação e a relação com as plateias agora digitais e como integrar os recursos de acessibilidade a sua criação, se e quando possível para criar experiências diferenciadas não apenas para o público com deficiência, mas para todos.

Atividade gratuita
Youtube Brasil Cena Aberta
Inscreva-se no canal para ser notificado quando a transmissão começar.

Fábio de Sá (São Paulo, Brasil)

Poeta surdo, professor de Libras na PUC-SP e CES Rio Branco, ator, narrador. Graduado em LETRAS/LIBRAS – UFSC, desenvolve pesquisa poética em Libras a partir do conceito Visual Vernacular (VV), a qual já apresentada no Japão, França, Chile, Colômbia e Brasil. Ministrou workshops de VV na Colômbia, Chile e Brasil (SC, MG e SP). Tem experiência na área de educação, com ênfase no ensino-aprendizagem de LIBRAS para ouvintes, desde 2002. Durante este período atuou em diversos espaços não escolares, em escolas bilíngues, em cursos livres e, em Universidades, tanto na graduação quanto na pós-graduação.

Carina Casuscelli - (São Paulo, Brasil)

Graduada em Negócios da Moda e com pós graduação em Artes Cênicas. Desde 2002 coordena o Projeto Multimídia Sinais com artistas com e sem deficiência, contemplado em duas edições pelo Programa VAI da Prefeitura de São Paulo. Em 2004, escreveu e dirigiu o espetáculo “Sinais de um Sonho”, com a participação de atrizes surdas e com nanismo. Contemplada pelo Fomento Cidade Olímpica na linha “Artes sem Limites”, do município do Rio de Janeiro, realizou “Diversidade nas Artes – Mostra Inclusiva de Moda e Teatro. Co-fundadora da Companhia Nova de Teatro, conquistou o primeiro lugar do Premio Internazionale Teatro dell‘inclusione Teresa Pomodoro, 2012, Italia, assinando a dramaturgia e direção de “Caminos Invisibles…La Partida”.

Márcia Cáspari - (Santa Catarina, Brasil)

Márcia Caspari é artista profissional da voz há 30 anos, atriz, dubladora, audiodescritora e sócia diretora da Tagarelas Produções. Desde 2008 dá voz a produtos audiodescritos ao vivo e gravados. Participou de inúmeros projetos e espetáculos exibidos nos estados do RS, SC, PR, SP e PE com artistas como Denise Fraga, Cia La Mínima, Diogo Vilela, acompanhou a circulação de espetáculos de dança e teatro, como Irmãos de Sangue da Cia. Dos à Deux (RJ) e Cão Sem Plumas e Nó, da Cia Deborah Colker (RJ) apresentados em Porto Alegre e São Paulo.
Além de ser ativa em festivais, como o de Cinema de Gramado/RS, VerOuvindo de Recife/PE, lidera o movimento pela audiodescrição nas eleições.

Moira Braga - (Rio de Janeiro, Brasil)

Moira Braga – atriz, bailarina, performer, jornalista e consultora de audiodescrição em conteúdos artísticos. Pós graduada em Corpo, Diferenças e Educação pela faculdade Angel Viana, onde hoje dá aula, foi consultora e instrutora de audiodescrição na Associação de Comunicação Educativa Roquette Pinto. Publicou o livro e audiolivro Ventaneira A cidade das flautas.  Dirigiu o espetáculo Ventaneira. Orientou e dirigiu o espetáculo “a língua da vértebra”. Apresentou a performance e a oficina performática “o que você vê?” no Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro. Ministrou workshop “Percepção de um corpo sensível para a prática do movimento” on-line, pelo Centro Cultural de São Paulo. Participa do projeto Identidades, como mediadora de entrevistas com artistas com deficiência.

Paula Souza Lopez - (São Paulo, Brasil)

Comunicóloga, atriz, consultora de acessibilidade cultural, gestora de projetos e recursos de acessibilidade, performer e audiodescritora no audiovisual, teatro, em exposições, intervenções, oficinas, etc. Iniciou sua trajetória com acessibilidade cultural ao desenvolver o Unlimited: Arte sem Limites como Produtora Associada ao British Council Brasil. É sócia-fundadora da Gera – Acessibilidade Criativa e colabora com parceiros como o Theatro Municipal de São Paulo, Sesc SP, ICMBio (PNI), Oi Futuro, Instituto Tomie Ohtake, Sesc RJ, Cia. Delas, Circo Mínimo, dentre outros.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Paula Souza Lopez - (São Paulo, Brasil)

Receba nossa novidades!

* indicates required
/ ( mm / dd )